17 de ago de 2013

#CARTAS DE AMOR

Amor Eterno

Eu olho pra você todos os dias de uma forma diferente, sempre tão atraente, sempre tão bela. Apesar de todo esse tempo, não vejo como negar, você sempre será ela.A mulher por quem me apaixonei, aquela que aprendi a amar, em cada minucioso detalhe,

pela pureza do olhar, a humildade dos gestos, a forma de conversar, de enxergar os fatos, até os defeitos, seu trejeitos, seus atos...


De alguma forma cheguei até você, não acredito no destino, portanto não sei ao que agradecer, a Deus talvez, as coincidências da vida, enfim, ter você comigo, mantê-la, convidá-la a seguir o mesmo caminho, foi a melhor escolha que eu tomei na vida.

Eu poderia passar a vida inteira sem os luxos que lutei pra conquistar, sem as festas das quais participei, poderia esquecer os livros que li e muitas das escolhas que tomei, mas não poderia viver sem ter você pra amar.

Não que eu não pudesse amar outro alguém, não que não exista outra pessoa que também possa me fazer feliz, mas não acredito meu amor, que exista alguém que possa fazer com que eu me sinta bem em tantos aspectos de uma só vez, assim como você me faz.

Me faz sentir homem, humano, faz com que eu me sinta bom, me faz desejar a vida, todos os dias, me conquista com o olhar, com essa força de vontade, me faz desejar viver essa realidade até quando eu puder, até que minhas forças se esvaiam e me deixem na mão.

Cada uma dessas palavras, nada mais é que um agradecimento, do meu coração.

Obrigado eu digo, por cada momento desse verdadeiro amor vivido.


#VERSOS AVULSOS

O Caminho da Poesia


A poesia é doce encanto
Que ameniza a realidade
Cobrindo com um lindo manto
E apontando a felicidade

Imagens que pincelamos
Na tela de um cenário escolhido
O caminho nós traçamos
Dando a vida mais sentido!

É o prazer ao caminhar
O som gostoso que acalma
A vida sempre a ensinar
É a gentileza que encanta a alma

Nas palavras eu me afogo
A página em branco se transforma
Na escrita, minha essência eu revelo
Criando e usando várias formas

Navego nas ondas agitadas
Que são dominadas com o amor
No caminho sementes foram plantadas
A paz no meu coração tatuou

O som da água cristalina
A beleza da mata e do colibri
Brinco no verde feito menina
Mulher forte sempre a sorrir

Poesia de Katia Naegelle