22 de ago de 2013

#Reflexão

Perda de tempo





























“E pensar que perdemos o nosso tempo acordando, estudando, dormindo, acordando, estudando, dormindo, para um dia simplesmente poder acordar, trabalhar, dormir, acordar, trabalhar, dormir.
Das 24 horas que o dia nos dá, separamos 8 para enumerar os problemas, outras 8 para tentar resolve-los, e as últimas 8 para tentar esquecê-los.
Parece engraçado, mas perdemos a vida em nome de uma missão chamada de “ganhar a vida”.

Dizemos “não tenho tempo” para as pessoas que amamos, com a desculpa que estamos muito ocupados fazendo coisas para ganhar tempo para ficarmos com as pessoas que amamos.

Perdemos amigos, nos distanciamos de quem nos faz bem. Deixamos tudo para depois, achando que “um dia estaremos tranqüilos para compensar o tempo perdido”. Só que no final, quando nos damos conta, já é tarde demais, o objetivo não está mais lá.
E então, por arrependimento, contrariamos todo esse sistema e nos esforçamos para encontrar TEMPO, ou uma simples uma pausa.. para o funeral.

Você vê algum sentido nisso?
Eu não.

(F. Heanna)